quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Comida de museu


Seguindo a série "passeios turísticos regados a comida", rumei para o Museu do índio americano, que tinha sido o museu mais recomendado por conta da comida do restaurante local. Dei um rolê, visitei as exposições, mas estava curiosa mesmo com relação ao almoço. A barriga roncou, me dirigi à cafeteria. Chegando lá, qual não foi minha surpresa, uma ideia muuuito legal dos americanos que eu aprovo 100%: uma espécie de lanchonete gigante na qual vc pega uma bandeja e vai se servindo do que quiser, e aí os preços são cobrados por cada porção de comida que você pega. O truque é que, em geral, você acaba pegando mais do que precisa (olho gordo!), já que o visual e as quantidades disponíveis te incentivam a isso. A cafeteria era dividida em seções temáticas: cada uma correspondente à uma região da América. Tinha uma seção da América do Sul, com canja de galinha (iu!) e mandioca frita brasileiras, além de pratos peruanos e de outros países. Tinha a parte mexicana, cheia daquelas coisinhas gostosas, e uma parte que não me lembro exatamente da onde era, deve ser do norte dos EUA e do Canadá, porque o cara ficou me oferecendo carne de búfalo (eéééquiuuu!!!). Respondi pra ele dizendo que na verdade eu era vegana e queria indicações de pratos (já que os pratos vegetarianos estavam indicados, mas não havia indicação vegana). Sem problemas, aqui quase todo mundo sabe o que é vegan (vi-gã). Ele me falou quais eram as opções, e acabei escolhendo mandiocas fritas com molho de limão e coentro (nunca imaginei que ia comer uma mandioca tão gostosa nos EUA), salada de feijão lima (um feijão gigante peruano) com abacate, e tortillas chips de três cores (de milhos naturalmente amarelos, vermelhos e azuis) com salsa de manga, tomate e coentro ultra picante (nem consegui terminar). Me senti uma esquisitona tirando a foto da comida em meio àquele lugar lotado, com todo mundo achando estranho, mas não deixei de documentar pra vocês poderem ver aqui =)

Um comentário:

cuca disse...

invejemeuamericanvegandream.blogspot.com

que delícia, Marinaaa!!!