quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Primeira experiência no Natural Gourmet Institute: o jantar de sexta-feira




Todas as sextas-feira à noite, o Natural Gourmet oferece um jantar (sempre vegano) feito pelos alunos do curso Chef's training. O cardápio é divulgado previamente no site da escola e os interessados ligam para fazer reserva e pagam no dia do jantar. O menu sempre inclui uma entrada, um prato principal e uma sobremesa.

Morria de curiosidade para saber qual o nível dos pratos oferecidos. Minha expectativa era grande. Talvez grande demais, porque acabei achando o jantar ok, mas não tão absurdamente delicioso quanto eu esperava. E as porções são bem pequenas (ainda bem que eu não estava com muita fome, senão ia rolar mau humor).

Os ingredientes dos jantares são sempre sazonais: são utilizados produtos da época. Aqui, no outono, o que mais dá são milhões de tipos de abóbora (por isso elas são o símbolo do Halloween), além de outros tubérculos e raízes, e maçãs. Portanto, estes foram os ingredientes principais do cardápio.

O cardápio foi (de cima para baixo):

  • Entrada: ravióli de abóboras com creme de castanha de caju e alho (acho que por cima do ravióli eram uns grãos de milho tostados), acompanhado de salada de folhas com vinagrete de romã. A maior surpresa do prato ficou por conta do creme de castanha de caju, loucamente cremoso e com bastante alho. Os comensais ficaram impressionados com o fato de que o creme não levava nenhum tipo de laticínio (muitos ali nem sabiam que o jantar era vegano).

  • Prato principal: Croquetes apimentados de feijão preto e seitan, guarnecidos com pimentão em coserva, redução de vinho tinto, couve com cebola e alho e legumes da época assados. Achei sem graça. As beterrabas não estavam bem assadas e estes bolinhos eram bem normais. Acho que no Brasil fazemos croquetes/bolinhos melhores!

  • Sobremesa: Panna Cota de baunilha fresca coberta com maçãs caramelizadas e nozes pecã adocidadas (provavelmente com néctar de agave ou algum outro adoçante natural). Acho que este foi o prato mais bem elaborado. Os cubinhos de maçã estavam crocantes por fora e macios por dentro e a calda estava deliciosa.

Valeu a pena para conhecer como funcionava o jantar. Para quem trabalha com culinária, é sempre bom conhecer novas propostas para ter inspiração para novas ideias.

Para conhecer o Natural Gourmet Institute: http://www.naturalgourmetinstitute.com/

Um comentário:

It's Alright, Ma (I'm Only Cooking) disse...

realmente... esse creme de castanha parece muito bom. e as maças idem!
continue postando suas experiências gastronômicas daí ! vou estar sempre de olho pra conferir, hihihi...
bjs juliana